sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Algenon Charles Swinburne, Dolores

Frutos caem, o amor morre e o tempo passa;
Tu és alimentada com fôlego eterno,
E ainda viva após uma infinita mudança,
E renovada após os beijos da morte;
De abatimentos reacendeu e recuperou-se,
De prazeres inférteis e impuros,
Coisas monstruosas e infrutíferas, uma lívida
E venenosa rainha.


terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Sir Thomas Browne

Nós todos trabalhamos contra a nossa própria cura, pois a morte é a cura de todas as doenças.

sábado, 30 de dezembro de 2017

Maude Clare, de Christina Rosetti

Tome minha parte de um coração inconstante,
A minha de um amor miserável:
Pegue ou largue, como quiser,
Eu lavo minhas mãos daqui em diante. 

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

The Old Astronomer, Sarah Williams

Apesar de minha alma viver na escuridão, se erguerá em plena luz. 
Andei demais as estrelas para temer a noite.

Elvis Costello

E eu estou
desperto
quando
irrompe a
aurora.
Deveria estar
brindando
a amigos
ausentes
e não a estes
comediantes.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Nevernight, de Jay Kristoff

O gato feito de sombras também estava ali.  Enroscado na sombra aos pés dela enquanto não era necessário. É mais fresco na sombra, como você sabe. Um sujeito perspicaz teria notado que a sombra da garota era um pouco mais escura que a dos outros. Um sujeito perspicaz teria notado que era escura o bastante para dois.

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

In Memoriam A.H.H; de Alfred, Lorde Tennyson

Permita que o amor encerre o Pesar para que ambos se afoguem 
Permita que a escuridão conserve seu lustro negro: 
Ah, é mais doce se embriagar com a perda,
Do que dançar com a morte e sucumbir ao chão.

John Keats, La Belle Dame Sans Merci

Vi pálidos reis, e príncipes também, Pálidos guerreiros, de mortal palidez eram todos.